Airton fala sobre a Assembleia realizada hoje dia 08-02-2019

Informa Airton que acaba de ser encerrada  a Assembleia que foi realizada,  conforme edital amplamente divulgado.
Apesar de já devidamente examinadas e aprovadas pelo Conselho Fiscal, as contas não foram examinadas na Assembleia, tendo em vista que o escritório de contabilidade não entregou em tempo hábil o relatório anual, para exame dos presentes a Assembleia.
Informou Airton, que com relação ao precatório do PSS, como se sabe no dia 08 de janeiro, o Juiz em razão de questionamento dos procuradores da Fazenda, suspendeu a sua tramitação, mas já existe tem uma outra decisão do dia 22 do corrente, liberando o pagamento do citado precatório, cujo pagamento deverá ocorrer nos próximos meses.
Com relação ao processo ao processo 525 (imposto de renda), que se encontra na Primeira Vara em Porto Velho, surgiu um impasse, pois em razão de erro da própria Primeira Vara, dois colegas receberam a mais e foi proposto pelos presentes  e acordado na Assembleia que tal divida será rateada por todos, o que dará em torno de R$ 90 reais para cada um, para que assim a juíza possa finalmente liberar a parte restante que nos cabe.
Ficou acertado ainda, que a parte financeira que ainda resultar para esses dois colegas que receberam a mais, será buscada  no futuro para ser devolvida de forma igualitária para todos os sindicalizados, para assim minimizar o prejuízo que acontece agora.
Com relação ao questionamento do processo de ‘Juro de Mora’ do advogado Marcelo Galvão, que está sendo questionado, entende o advogado que agora não é mais hora de se questionar ‘taxa os juros’, pois já está precluso, se fosse o caso, isso deveria ter sido questionado c quando na homologação dos cálculos e expedição do precatório. Informa Marcelo Galvão, que irá recorrer ao Dr. Waldemar que o é o juiz titular da Vara, para que sejam liberadas essas requisições ou mesmo que o STF venha a se posicionar, mas desde já entende Marcelo Galvão, que de uma forma ou de outra o citado precatório será pago ainda este ano, tendo em vista que está inscrito para o presente exercício.
Já com relação ao processo do PSS, o precatório será pago ainda este ano a 264 sindicalizados, ficando para o próximo ano, 389 sindicalizados, cujos nomes o advogado espera escrever ate julho, para que recebam via precatório.
O advogado Breno de Paula vai habilitar todas as pensionistas que receberam na primeira ação do PSS, devendo as mesmas com a respectiva documentação, se dirigirem ao Sinpfetro ou ao escritório do Advogado Breno de Paula.
Indagado sobre o processo da GOE que foi arquivado,  explicou Airton Procópio, que o arquivamento ocorreu tendo em vista foi dado entrada na Justiça intempestivamente.
Ao final explica Airton, que ocorreu um grande numero de sindicalizados e todos gostaram muito da Assembléia e se mostraram plenamente satisfeitos com as explicações dadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.