Airton informa sobre as providencias de Breno de Paula nos processos em Brasília

O presidente Airton Procópio, na semana que passou já havia noticiado aqui neste espaço, sobre o transito em julgado do processo do relativo ao PSS da isonomia, cujos recursos se encontram retidos na conta-corrente de cada um dos substituídos no Banco do Brasil.

Ainda no dia 18 segunda-feira passada de posse de tal informação, o advogado Breno de Paula, que vem acompanhando com muita dedicação este processo e os demais sob sua alçada, viajou a Brasília, onde ali esteve em audiência com o magistrado da 14ª Vara Federal e agilizou a baixa de tal processo e a sua devolução para a origem na Justiça Federal de Rondônia para resolver de vez e concluir tal processo. Ontem mesmo estando ainda em Brasília, Breno de Paula ao telefone comunicou a Airton Procópio a baixa que ocorreu ontem dia 25 e a consequentemente devolução do processo a origem.

Numa outra oportunidade, quando esteve em Brasília, Breno de Paula havia solicitado para que o magistrado decidisse de uma vez por lá e agora na impossibilidade de ver atendido tal pedido, Breno de Paula solicitou então rapidez na devolução para a Primeira Vara em Rondônia, onde pelos seus conhecimentos será mais fácil trabalhar para que a magistrada decida de uma vez, já que não existe mais nenhuma pendência ou qualquer assunto a ser decidido, já ocorreu o trânsito em julgado. De volta a Porto Velho, ainda esta semana, Breno de Paula pretende marcar audiência com a magistrada para resolver tal assunto.

O advogado ainda não retornou de Brasília, devendo fazê-lo apena nesta semana, pois afora outros processos ele Breno de Paula tenta audiência com a magistrada sobre o Processo de Habilitação Policial, pois na conversa anterior ele havia solicitado a magistrada Gilda Sisgmarinda, para verificar a possibilidade para individualizar os valores, para que assim fossem pagos via RPV, evitando o pagamento através de precatório, pois no caso de precatório, só iremos receber em 2019, já que os precatórios do ano seguinte têm que ser fechados até o dia 1 de julho do ano anterior, ou seja, os precatórios que serão pagos em 2018, já foram fechados na citada data.
Airton Procópio se encontra em contato permanente com Breno de Paula em Brasília e quando do seu retorno, passará novas informações tão logo às receba do advogado, já que é um assunto que interessa a todos.

Informa ainda Airton que já esta em contato com o advogado Hélio Viera, a respeito daquela pequena ação de Ticket alimentação e que já foi noticiada aqui na semana passada e que já solicitou ao mesmo a relação atualizada de todos os processo do Sinsepol, cerca de nove, considerando que dois foram pagos no final do ano passado via RPV.
Como se sabe, o presidente do Sinsepol, Rodrigo Marinho, pretende paulatinamente passar tais processos para a gestão do Sinpfetro, por entender que assim será melhor para os substituídos, em razão da existência de centenas de processos existentes no Sinsepol, seja na Justiça, no Tribunal de Contas e na Procuradoria do Estado, o que deixa ele Rodrigo assoberbado, podendo, portanto tramitar mais rápido tais processos do nosso interesse, sendo eles administrados por Airton, que não tem tantas demandas assim no Sinpfetro.

Por fim, informa Airton Procópio, que está estudando o ingresso na Justiça de mais um processo, que poderá nos beneficiar no que diz respeito aos nossos salários e que oportunamente após a analise, fará a todos a devida comunicação com mais detalhes e se for o caso convocará nova Assembleia para autorizar o ingresso de tal ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.