Airton Procópio agradece apoio e prevê novos desafios em 2018

Reafirmando o compromisso de continuar lutando em prol da categoria (sindicalizados e pensionistas) e agradecendo o apoio recebido no pleito eleitoral, o presidente Airton Procópio, que assumiu mais um mandato no comando do Sindicato dos Policiais Civis do Ex-Território Federal de Rondônia (Sinpfetro), prevê novos desafios para 2018, principalmente no que diz respeito às ações que ainda tramitam na esfera judicial. “Temos acompanhado tudo bem de perto e os nossos advogados atuam no sentido de que as coisas nos sejam favoráveis. Em alguns casos, falta apenas o desfecho judicial”, informa o presidente.

Airton Procópio acentua que a diretoria do Sinpfetro tem pautado sua atuação na defesa dos interesses coletivos dos sindicalizados(as) porque entende que a entidade representa a todos, indistintamente, e por todos deve lutar. Ao longo de dois mandatos liderados pelo presidente Airton Procópio, o Sinpfetro obteve vitórias importantes, principalmente em termos financeiros, melhorando consideravelmente a vida dos sindicalizados(as), e suas respectivas famílias. Neste terceiro mandato, o presidente quer continuar lutando em prol de todos porque entende que o trabalho precisa continuar sendo realizado em benefício de todos. “O Sinpfetro conta com uma diretoria que trabalha com base na ética e na transparência e entende que assim precisa continuar. Alguns processos continuam tramitando na Justiça e precisamos aguardar. Outros já têm decisão favorável à nossa categoria”, diz.

De acordo com Airton Procópio, uma das maiores conquistas está relacionada à manutenção dos reajustes dos vencimentos atrelados aos concedidos à Polícia Federal. “Em Brasília, conseguimos com que os salários dos policiais civis dos ex-Territórios permaneçam equiparados aos Policiais Federais. Isto deixa-nos mais tranquilos, mas sempre atentos, tendo em vista que a nossa categoria continuará tendo a extensão dos reajustes salariais que forem concedidos aos policiais da Polícia Federal”, comemora.

Segundo o presidente, continuam em tramitação na Justiça a 1ª ação da GOE, a 2ª ação da GOE, a 2ª ação da Isonomia, a 4ª ação da Isonomia, a ação da correção dos cálculos da 1ª ação da isonomia, a ação da indenização de habilitação policial, o PSS da Isonomia, o PSS do 525, a devolução do Imposto de Renda do 525, o abono de permanência, o Índice Geral de Inflação, localidade especial e adicional de penosidade, desoneração do PSS e IR das RPVs 95 e 96, além de outras ações que foram repassadas pelo Sinsepol, mediante acordo firmado entre os dois sindicatos e que o presidente Rodrigo Marinho vem honrando e todas estão sendo acompanhadas pela diretoria do Sinpfetro. “A diretoria sempre esteve e sempre estará trabalhando pela categoria como um todo, principalmente com acesso direto aos gabinetes dos nossos parlamentares e junto aos ministérios em Brasília. Ressaltamos que um fato importante é que tudo vem sendo resolvido na esfera política e administrativa sem custos de honorários para os sindicalizados. Sempre estivemos e assim continuaremos comprometidos com os interesses da categoria”, conclui Airton Procópio.