Airton Procópio mais uma vez em companhia advogado Breno de Paula esteve na 14ª Vara em Brasília para tratar sobre O PSS

O presidente Airton Procópio, vem mais uma vez informar aos sindicalizados, que com relação ao processo do PSS o titular da 14ª Vara em Brasília solicitou a 1ª Vara em Rondônia a ‘Certidão de trânsito em julgado’ o que foi feito pelo advogado Breno de Paula, mais de uma vez, ou seja, a primeira vez por ele próprio Breno e a segunda vez pela sua irmã Franciane de Paula também advogada, porém, em razão do volume de trabalho e dos muitos documentos que entram diariamente ali na Vara em Brasília, tais certidões de transito em julgado deixaram de serem juntadas ao referido processo, o que obrigou o advogado a peticionar pela terceira vez e pedindo a juntada e tratando sobre o assunto pessoalmente com assessor do magistrado, Dr. Paulo, que no mesmo instante perfurou e juntou no último volume do processo e revelou que agora não falta absolutamente mais nada e que ele pessoalmente irá despachar com o magistrado.

O mesmo após revelar que não falta mais nada, informou que depois da decisão do magistrado ocorrerá alguns ajustes entre a Justiça e a instituição financeira o que demanda certo tempo até a solução final. Informou ainda o Dr. Paulo, que mesmo recebendo pedidos da 2ª Vara em Rondônia sobre tal processo do PSS e sobre os recursos depositados na Caixa Econômica Federal, o magistrado da 14ª Vara resolveu que ele mesmo é quem vai decidir sobre a liberação para todos os substituídos. A bem da verdade para não ocorrer qualquer demora, Breno da Paula peticionou tanto na 1ª quanto na 14ª Vara com relação à liberação dos recursos, mas desta feita o assessor deixou claro que será liberado por lá mesmo em Brasília, pois o processo chegou ao seu curso final.

Outra questão que o advogado está tentando é uma audiência esta semana em Porto Velho com a magistrada referente aquele outro processo do imposto de renda, com relação aquela outra parte que falta ainda pagar, sendo intenção dele Airton levar alguns sindicalizados para participarem da audiência, para ver se chega afinal a conclusão também desse processo.

Airton informa ainda que em Brasília, Breno de Paula vem acompanhando o processo de Habilitação Policial e já peticionou, para que os valores sejam individualizados e pagos via RPV, o que se daria rapidamente, porém se não for atendido o pagamento se dará via precatório somente no inicio de 2019, pois os precatórios a serem pagos em 2018, foram fechados até 1º de julho do corrente ano, conforme determina a legislação.

Com relação ao precatório dos delegados, cujo advogado é Hélio Vieira e que não foi possível pagar via RPV, deverá ser pago até o mês de maio de 2018, já que foi um dos primeiro a seguir para a Justiça Federal em Brasília, exatamente em janeiro do ano passado. Airton que vem conversando com o advogado Hélio Vieira que irá informando sobre o pagamento do mesmo.

Por fim informa Airton, que junto com o advogado Breno, vem acompanhando bem de perto tais processos e vencendo a burocracia e prazos a cada dia e espera brevemente a solução final de todos os processos e agora com relação ao PSS, só resta tentar apressar a solução e caso ele Breno de Paula não possa ir a Brasília, ele Airton se compromete a pessoalmente marcar audiência na 14ª Vara em Brasília e conversar mais uma vez com o magistrado explicando novamente sobre a idade dos substituídos e até doenças de alguns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.