Airton volta a falar sobre o processo do imposto de renda

 

Informa o presidente do Sinpfetro Airton Procópio que após carga solicitada pela  Procuradoria da Fazenda Nacional, no retorno  advogado Breno de Paula se manifestou nos autos conforme documento anexado, concordando com o pedido da PFN que solicitou sobrestamento do processo até que aconteça decisão da magistrada,da 1ª Vara da Justiça Federal,  após ouvir as partes ou mesmo a  audiência na Junta da conciliação, conforme audiência que foi feita com Doutor Marcelo Stival, para tratar não só com nosso processo, mas o processo do Sintero que também se encontra na mesma situação, aguardando Breno de Paula que finalmente ocorra a audiência  que vem sendo solicitada há muito .

Na prática o que aconteceu foi o seguinte, após a carga a PFN se pronunciou não existir juros de mora e solicitou o sobrestamento do citado processo para ver se numa audiência de conciliação as partes chegam finalmente ao entendimento com relação ao que efetivamente é devido ainda pela União com relação à segunda parte a ser recebida pelos substituídos, considerando que a primeira parte já foi paga, após uma conciliação como se pretende agora.

No entendimento do presidente Airton Procópio, existindo entendimentos semelhantes entre a PFN e nosso advogado o Breno de Paula a coisa tende a fluir mais rapidamente e assim chegarmos ao final desse processo, que infelizmente independente da nossa vontade e tramita como todos os processos de forma muita lenta, em que pese o incansável trabalho realizado por ele e pelo advogado Breno de Paula, que como se sabe é o  maior interessado que o citado processo chegue ao seu final.