Ano Novo Diferente com Atitudes Diferentes

Caminhamos para o final de mais um ano e precisamos refletir sobre o que fizemos para que possamos redimensionar as nossas metas para 2017. Todos nós queremos que o Ano Novo seja diferente, mas para que isso possa acontecer nós também precisamos ser diferentes, agindo diferente, tendo atitudes diferentes, falando diferente, ouvindo diferente, vivendo diferente.

ANO NOVO DIFERENTE

Não adianta apenas querermos que o Ano Novo seja diferente se nós não formos diferentes. Coisas boas acontecem quando semeamos e cultivamos sementes de qualidade. Portanto, sejamos diferentes em todos os dias do Ano Novo.

Mas ser diferente também inclui as nossas atitudes na área profissional, a fim de que possamos ser referências por conta do nosso exemplo. Profissionalmente fazemos parte de uma família que responde pelo nome de SINPFETRO e as nossas atitudes são fundamentais para que haja harmonia e união.  A busca por melhorias, sejam elas pessoais ou profissionais, depende de uma força coletiva e não individual. E nesse aspecto temos observado que forças individuais insistem em se sobrepor aos projetos coletivos.

Em 2017, por querermos que seja um ano diferente, cabe a nós ponderar sobre o nosso papel no contexto coletivo, objetivando beneficiar a categoria como um todo. Precisamos continuar trabalhando pelo coletivo e sufocar a nossa tendência individualista. A diretoria do sindicato atua na defesa dos interesses coletivos e precisa do apoio de todos os sindicalizados.

Para que 2017 seja um ano diferente é preciso que pensemos diferentes e tenhamos atitudes diferentes, porque nada muda se nós não mudarmos.

Victor Hugo Giudici Minuzzi
Diretor Secretário do SINPFETRO

Curta o Facebook do Sinpfetro.