Audiência com o ministro João Santana da gestão Collor de Melo

O então deputado federal Chagas Neto, Pedro Marinho que presidia a Associação dos Delegados e Peritos e o delegado Jorio Ismael da Costa, sendo recebidos pelo ministro da Administração de Collor, João Santana no ano de 1990, para solicitar o enquadramento de quase 200 policiais do ex-Território de Rondônia. Quinze dias após, o DOU publicava o enquadramento, conforme havia prometido o ministro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.