Pedro Manoel Macedo Marinho

Irmão de Ciro chama petistas de babacas e diz que partido merece perde

Irmão de Ciro chama petistas de babacas e diz que partido merece perde

Sob vaias dos petistas, senador eleito cobra do PT ‘mea culpa‘ pelos erros Cláudio Humberto Irmão de Ciro, Cid Gomes foi eleito senador no Ceará. (Foto: Gustavo Lima) Em evento de apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT), na noite desta segunda-feira (15), o senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) fez dura crítica ao PT. Convidado a discursar, o irmão de Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado na disputa presidencial deste ano, cobrou da direção da legenda que faça um “mea culpa” dos erros que cometeu. “Tem Continue lendo

FICA TEMER – Presidente se diverte com ‘memes’ que pedem nas redes sociais: ‘Fica, Temer’

FICA TEMER – Presidente se diverte com ‘memes’ que pedem nas redes sociais: ‘Fica, Temer’

‘Fica, Temer’Michel Temer dá risadas com montagens da nova onda O presidente Michel Temer está se divertindo com os memes que circulam sob a hashtag “Fica, Temer” nas redes sociais. Ele ri muito com as mensagens, algumas bastante criativas. Temer soltou uma gargalhada ao ler, por exemplo, um comentário que se seguiu a postagem de Iago Santos sobre uma foto dele: “Oi, sumido.” A brincadeira viralizou: “Lindo, eu não quero te perder. Ficaaaa!”, pede Lopes, prometendo textos diários em agradecimento ao governo. A informação é Continue lendo

Servidores repudiam declarações de Jair Bolsonaro

Servidores repudiam declarações de Jair Bolsonaro

Vera BatistaServidor Para o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro, o serviço público “é uma fábrica de marajás” e o funcionalismo, “o grande problema da Previdência no Brasil”. Em reiteradas declarações, ele garante que “vai acabar com incorporações de gratificações” e “privatizar ou extinguir estatais que dão prejuízo”. No programa de governo, define a idade mínima de 61 anos para os homens se aposentar, com 36 anos de contribuição, e 56 anos para mulher, com 31 anos de contribuição, no país. Mas não quer Continue lendo

Contribuição de servidor não incide sobre férias e adicionais, diz STF

Contribuição de servidor não incide sobre férias e adicionais, diz STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (11) que o cálculo da contribuição previdenciária dos servidores públicos não incide sobre os valores de terço de férias, serviços extraordinários, adicional noturno e adicional de insalubridade. O resultado deve gerar uma perda de R$ 6,3 bilhões nos últimos cinco anos aos cofres públicos, de acordo com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). No julgamento desta quinta-feira (11/10), os ministros apenas finalizaram a análise iniciada em 2015, que já tinha maioria pela não cobrança sobre essas parcelas Continue lendo

Foram gastos R$1,7 bilhão públicos com 3,3 mil candidatos que não tinham votos

Foram gastos R$1,7 bilhão públicos com 3,3 mil candidatos que não tinham votos

Exatos 3.356 candidatos a deputado a senador tiveram até 1% dos votos Congresso Nacional Foto: Arquivo EBC Desde domingo (8), os vencedores nas bancadas para Senado e Câmara dos Deputados ganharam destaque no noticiário. Mas, por outro lado, a votação também mostra quem não conseguiu convencer o eleitor: candidatos que tiveram a menor votação nestas eleições. Mais que isso, consumiram grande parte do financiamento público estimado em R$1,7 bilhão. Levantamento da Agência Brasil conferiu Estado a Estado os candidatos que somaram 1% dos votos Continue lendo

João Paulo das Virgens conta mais uma história da Polícia Civil

João Paulo das Virgens conta mais uma história da Polícia Civil

O Brasão da Polícia Civil de Rondônia.  Em 1981/82 quando era vice-presidente da Associação dos Servidores da Polícia Civil do Território Federal/Estado de Rondônia, fundada em 1979 e que congregava desde o Agente de Portaria, agentes administrativos, agentes de Polícia, escrivães, detetives de polícia, Datiloscopista e Delegados de Polícia, tínhamos como presidente o Delegado Walderedo Paiva. Com a transformação do Território em Estado em 22 de dezembro de 1981 e com eleições marcadas para novembro de 1982, Walderedo Paiva teve que se desincompatibilizar do cargo Continue lendo