Na madrugada um sonho me inspirou a escrever os retalhos abaixo – Jair Queiroz

Paternalmente meu coração
Desabotoa
E gotas de amor escorrem 
Por meu peito empetalado
De encanto…
Encanto que o tempo
Aprimorou e multiplicou.
Bendita seja a geração que dos
Meus genes brotou
Para que eu pudesse
Ter muitas vidas além da
Minha vida

O tempo passa e me renovo
No abraço filial que
Me conecta ao sagrado
E me tempera como o vinho
Do mais delicado sabor
Vejo-me neles
E estremeço ao constatar
Que a vida me foi fiel
Ainda que minha estrutura frágil
Nem sempre a tenha
Suportado
A paternidade é a minha eternidade.
Amo vocês
MEUS FILHOS!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.