Sinpfetro realiza Assembleia para falar sobre os processos em tramitação na Justiça

Na tarde de sexta-feira dia 27, o presidente do Sinpfetro Airton Procópio, deu inicio a Assembleia ordinária e extraordinária que havia sido convocada com o objetivo principal de passar aos sindicalizado, a tramitação das mais diversas ações em andamento, inclusive algumas sob a responsabilidade do Sinsepol. Foram convidados os advogados Breno de Paulo, Hélio Vieira da Costa e Valdir Vargas, este último responsável pelo processo que trata do resíduo da isonomia. Compareceu apenas ao evento o advogado Breno de Paula, sendo registrada a ausência de Helio e Valdir Vargas, que por conta de compromissos profissionais não puderam se fazer presente.

Ficou claro que o processo do IRPF do 525/90, o Juiz está aguardando o retorno do processo que se encontra nas mãos do contador judicial da União, para que o mesmo se pronuncie sobre os cálculos.

Com relação ao processo do PSS da Isonomia que está na 14ª Vara Federal em Brasília, o mesmo se encontra em grau de recurso especial, podendo tal recurso não correr e assim acontecer a conclusão do citado processo, com o conseqüente liberação dos recursos dos substituídos no caso os sindicalizados.

Foi visto também que os processos sob patrocínio do advogado Hélio Vieira, estão em grau de recurso, assim como a IHPF (habilitação policial) em razão também para adequação dos valores em RPV.

Na Assembleia deixou de ser tratado o andamento do processo do resíduo da Isonomia, sob a responsabilidade do escritório de Valdir Vargas, pelas razões já citadas acima.

Ao final Depois das explicações do advogado Breno de Paula, o presidente Airton Procópio, deixou claro para os presentes, que com relação ao trabalho dele e de toda a diretoria isso é uma constante, mas infelizmente a burocracia existe e os muitos recursos jurídicos que são utilizados pela União, fazendo com que a conclusão de cada processo seja realmente lenta, mas se depender do trabalho da diretoria do Sinpfetro e dos advogados dentro dos prazos legais, espera Airton o a conclusão de cada um deles, torcendo que as sentenças sejam sempre favoráveis aos sindicalizados.

6 Comentários


  1. gostaria de saber sobre a devolução do imposto de renda, pois nos que estamos fora do estado de rondonia, ficamos igual a cegos em tiroteio, sem ser-mos informados de nada, nem sequer por e-mail, gostaria de mais atenção por parte do sindicato conosco, sem ser grosseiro com esta brilhante diretoria, so queremos mais um pouco de informação, QUE DEUS ABENÇOE A TODOS.

    Responder

  2. Meu caro presidente sou policial. do ex-ter -fed-ro, hj aposentado, resido no CE. A pergunta é : porque nossas identidades policial não nos são devidas? Essa história de burocracia não nos convence mais. Hj ao sermos abordados ficamos amecer de favor, pois nos tratam como ilegais da área. É preciso que haja mais empenho nesse sentido.

    Responder

  3. sobre o imposto de renda ,gente ja era pra estar tudo sonbcontrole .e ainda nao sabemos de nenhuma data expecifica.pesoal do sendicato .queremos algumas resposta concreta por favor ,

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.