Após fugir do Brasil usando passaporte diplomático, Weintraub é eleito para diretoria do Banco Mundial

No mês passado, a associação de funcionários do Banco Mundial enviou uma carta aberta ao Comitê de Ética […]


Após fugir do Brasil usando passaporte diplomático, Weintraub é eleito para diretoria do Banco Mundial

No mês passado, a associação de funcionários do Banco Mundial enviou uma carta aberta ao Comitê de Ética da instituição pedindo a suspensão da indicação de Weintraub

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi eleito nesta quinta-feira, 30, para o cargo de diretor-executivo do Banco Mundial.

“O Banco Mundial confirma que o Sr. Abraham Weintraub foi eleito pelo grupo de países (conhecido como constituency) representando Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago para ser Diretor Executivo no Conselho do Banco”, diz o texto. A instituição financeira multilateral não informou quantos votos Weintraub recebeu.

Weintraub deixou o MEC em junho, em meio a uma série de polêmicas. Ele é alvo de dois inquéritos, um que apura suposto racismo contra chineses e outro que apura ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele deixou o País de maneira irregular, utilizando passaporte diplomático quando já não era mais ministro da Educação.

No mês passado, a associação de funcionários do Banco Mundial enviou uma carta aberta ao Comitê de Ética da instituição pedindo a suspensão da indicação de Weintraub.

Brasil247


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email