Motorista de ônibus defende gestante em JP e ganha mais de 9 mil curtidas no Facebook

WhatsApp
Facebook
Twitter

 

Atitude dele ganhou uma grande repercussão; texto de internauta, relatando ação do condutor, já havia ganho, até a noite desta quarta, mais de 6 mil compartilhamentos e quase 10 mil ‘curtidas’

Gesto do motorista repercutiu

A atitude de um motorista de ônibus em João Pessoa, no último sábado (18) por volta das 7h30, chamou a atenção da internauta Monalisa Dias, que era passageira da linha 5.100 – Valentina. Segundo o relato compartilhado por ela no Facebook, uma gestante entrou no ônibus, que estava com todos os assentos ocupados. O condutor Augusto Cézar Almeida de Sousa, percebendo a situação, pediu que alguém cedesse o lugar à grávida. Como ninguém atendeu ao pedido, ele falou mais alto e disse: “Só saio daqui quando ela sentar”. Nesse momento, um lugar surgiu e todos puderam seguir viagem.

Portal Correio

A atitude dele, apesar de parecer corriqueira, ganhou uma repercussão muito grande. O texto da internauta, acompanhado da foto do motorista já havia ganho, até a noite desta quarta-feira (22), mais de 6 mil compartilhamentos e quase 10 mil ‘curtidas’. Confira a publicação original neste link.

A ação, segundo o próprio Augusto, teve a intenção de proteger a grávida, que poderia se desequilibrar em uma freada. “Pode acontecer de em algum momento um carro ou moto cortar o ônibus e eu ter que frear. Isso é reflexo, direção defensiva e ela estando sentada não se prejudicaria”, comentou o motorista.

Augusto disse que essa sempre foi a conduta que ele adotou no trabalho. “Sempre agi assim. Quem trabalha comigo sabe que trato idosos, portadores de necessidades especiais, grávidas e pessoas com criança de colo dessa forma. Sempre peço para sentar antes para depois eu largar. Para descer é do mesmo jeito. Outro dia, um pai que levava seu filho no colo pediu parada e ficou em pé esperando eu parar. Pedi que ele sentasse até o momento de desembarcar para que ele e a criança ficassem mais protegidos”, explicou.

O motorista afirmou que está surpreso com a repercussão do caso. “Não pensei que um dia essa conduta minha tivesse essa repercussão. Mas, do mesmo jeito que eu atuo, outros colegas também o fazem. Somos orientados para isso, temos treinamentos constantes que nos orientam a agir assim, só que não existe o reconhecimento do público usuário. Isso foi bom”, disse o motorista, acrescentando que várias pessoas, inclusive de fora do país, estão elogiando a conduta através das redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Screenshot_20240718_121050_WhatsApp
Luto - Adalberto Mendanha
Screenshot_20240714_160605_Chrome
Luto - Morre Dalton di Franco
Screenshot_20240702_125103_WhatsApp
Luto - Cleuza Arruda Ruas
Screenshot_20240702_102327_WhatsApp
Corpo de Bombeiros conduz o corpo do Colega Jesse Bittencourt até o cemitério.
Screenshot_20240701_163703_WhatsApp
Luto - Jesse Mendonça Bitencourt
IMG-20240624-WA0159
Luto - Morre Salvador Santos
Screenshot_20240305_093343_Gallery
Unimed -Teleconsulta
Screenshot_20240312_051459_Facebook
Luto – Gertudes Alves Araujo Finzes
Screenshot_20240304_182440_WhatsApp
Nota de pesar - Francisco Candido Marcolino Neto
Screenshot_20240123_061932_Chrome
Bancada sindical busca consenso para apresentar contraproposta na MNNP

Últimas do Acervo

Screenshot_20240719_062109_Chrome
Dois anos da morte da morte do colega João Caetano da Silva.
Screenshot_20240719_061523_Chrome
Quatro anos da morte da morte do colega Antonio Jose Lizardo.
Screenshot_20240711_181900_WhatsApp
Um ano do falecimento do colega Jose Henrique da Silva.
Screenshot_20240711_123156_Chrome
Nove anos da morte do colega Justino Alves
Screenshot_20240702_125103_WhatsApp
Luto - Cleuza Arruda Ruas
Screenshot_20240702_102327_WhatsApp
Corpo de Bombeiros conduz o corpo do Colega Jesse Bittencourt até o cemitério.
Screenshot_20240701_163703_WhatsApp
Luto - Jesse Mendonça Bitencourt
Screenshot_20240610_144417_Chrome
Um ano da morte do colega Joao Couto Cavalcante
Nossa capa de hoje daremos destaque à colega Datiloscopista do ex-Territorio, Juliana Josefa da Silva, pessoa muito amável e querida por todos que a conhece.
Coletânea de arquivos fotográficos de companheiros antigos da PC - RO
Screenshot_20240510_192125_WhatsApp
Um ano da morte da morte do colega Antônio Rodrigues da Silva

Conte sua história

20220903_061321
Suicídio em Rondônia - Enforcamento na cela.
20220902_053249
Em estrada de barro, cadáver cai de rabecão
20220818_201452
A explosao de um quartel em Cacoal
20220817_155512
O risco de uma tragédia
20220817_064227
Assaltos a bancos continuam em nossos dias
116208107_10223720050895198_6489308194031296448_n
O começo de uma aventura que deu certo - Antonio Augusto Guimarães
245944177_10227235180291236_4122698932623636460_n
Três episódios da delegada Ivanilda Andrade na Polícia - Pedro Marinho
gabinete
O dia em que um preso, tentou esmurrar um delegado dentro do seu gabinete - Pedro Marinho.
Sem título
Em Porto Velho assaltantes levaram até o pesado cofre da Padaria Popular
cacoal
Cacoal nas eleições de 1978 - João Paulo das Virgens