Votação da reforma está bem encaminhada e calendário é folgado

  Governo tem cerca de um mês para concluir votação na Câmara dos Deputados Maia rebate críticas de […]


Votação da reforma está bem encaminhada e calendário é folgado

 

Governo tem cerca de um mês para concluir votação na Câmara dos Deputados

Maia rebate críticas de Guedes e afirma que governo é “usina de crises”
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O governo tem prazo folgado para concluir a votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, antes do recesso parlamentar marcado para 17 de julho. Após a apresentação do relatório de Samuel Moreira (PSDB-SP) na comissão especial, poderá ser concedido pedido de vista de, no máximo, duas sessões. Extraordinariamente na sexta (14), o governo conseguiu quórum, e contabilizou a primeira sessão. A próxima sessão está prevista para esta segunda-feira (17). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Estima-se que a votação do relatório comece já nesta terça (18), sem contar os destaques. São previstas duas sessões para a conclusão.

Em seguida, será publicado o parecer da comissão e a matéria deve cumprir interstício de duas sessões antes ir para a pauta do plenário.

A reforma é votada em dois turnos. Entre um turno e outro, há intervalo regimental de cinco sessões antes da publicação final do texto.

Diariodopoder.com.br


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email