Homenagem a Paulo Valadão – João Alberto Borges

Onde anda o Delegado de Polícia, Dr. Paulo Roberto Valadão, profissional gigante, querido e admirado por toda classe […]


Homenagem a Paulo Valadão – João Alberto Borges

Onde anda o Delegado de Polícia, Dr. Paulo Roberto Valadão, profissional gigante, querido e admirado por toda classe policial? Que destino tomou o nosso fraternal colega e precioso amigo de tantas tertúlias? Moço de uma grandeza imensurável, de uma elegância requintada no trato com todos nós que tivemos a felicidade do seu convívio.
Líder nato, linha de frente, exímio tocador de obras e fiel companheiro, que destino a sorte lhe reservou? Não faz tanto tempo, dias atrás, Paulo Valadão partiu de Porto Velho, para desfrutar sua jornada de férias. Partiu cheio de vida, alegre, risonho, embevecido de sonhos, deixando para trás a certeza de renovadas esperanças e encarnando pela frente a satisfação garantida de colher os frutos de um real objetivo pelo qual tanto lutou, aspectos esses ocorridos nas horas de alegria e nos momentos de renuncia e dor.
Ele partiu de malas prontas, partiu seguro e de asas abertas e como voa o Condor, atravessou cidades, extensas planícies e matas sombrias, subiu muito alto, cada vez mais alto, até alcançar às estrelas e não mais retornou. Seguiu seu caminho na estrada da vida. Cruzou a fronteira do vale sagrado que não oferece regresso nem lamentos de dor. Hoje longe da família, parentes e amigos, deixou sua mensagem escrita, para nós pobres sobreviventes, o maior legado desse argonauta viageiro, que semeou por toda vida, a boa semente da amizade, com muita paz e muito amor. Hoje você é luz. Descanse em paz meu irmão.
João Alberto Borges é delegado de polícia aposentado


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email