Solidariedade: vítima da racismo ganha vaquinha de 190 mil reais, moto nova e emprego em agência de marketing

Matheus Pires foi atacado com ofensas racistas quando fazia uma entrega, mas o episódio despertou toda uma corrente […]


Solidariedade: vítima da racismo ganha vaquinha de 190 mil reais, moto nova e emprego em agência de marketing

Matheus Pires foi atacado com ofensas racistas quando fazia uma entrega, mas o episódio despertou toda uma corrente de ajuda a seu favor para compensar as agressões sofridas

Motoboy vítima de racismo ganha moto nova (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247

Revista Fórum – O vídeo em que o motoboy Matheus Pires é atacado verbalmente pelo contabilista Mateus Abreu Almeida Prado Couto continua sendo um dos temas mais comentados nas redes sociais, e também um dos que mais mobiliza boas ações no Brasil.

A corrente de solidariedade a favor do entregador não foi pequena, e reuniu várias iniciativas para dar uma força para Pires e compensar as agressões racistas que ele sofreu do sujeito que o acusou de ter “inveja da sua cor”.

Uma das iniciativas foi uma vaquinha online, que arrecadou 197 mil reais em apenas um dia. Alguns dos apoiadores do entregador também se organizaram para comprar uma moto nova de presente para ele. E se isso já não era boa notícia demais, para finalizar, uma agência de publicidade de São Paulo ofereceu a ele um emprego.

Enquanto isso, o contabilista Mateus Abreu Almeida Prado Couto terá que responder processo por injúria racial, instalada pela Polícia Civil de São Paulo.


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email