Deputado Léo Moraes, faz emenda PLC 39/20 que nos atende

Conforme prometido e depois de um árduo trabalho, pois os parlamentares se encontram em razão do coronavírus fora […]


Deputado Léo Moraes, faz emenda PLC 39/20 que nos atende

Conforme prometido e depois de um árduo trabalho, pois os parlamentares se encontram em razão do coronavírus fora de Brasília, trabalhando via sessão remota, sendo os contatos obrigatoriamente por telefone,  finalmente a emenda da PLC 39/20, ficou de acordo com o que desejávamos, para assim, caso as carreiras policiais da União fiquem de fora do impedimento de reajuste salarial nos próximos 18 meses, sejamos também beneficiados.

A primeira emenda já aprovada no Senado, infelizmente se limitou a beneficiar apenas as forças policiais dos Estados e, portanto, não nos atendia, como havíamos solicitado, juntamente com o Sindepro e Sinpol, cujos órgãos de classe tinham total interesse também.

Novos contatos com nossos parlamentares e Léo Moraes fez nova emenda, mas como falava apenas em forças policiais da União, não especificando claramente: ‘Policiais civis e militares dos ex-territórios de Rondônia, Acre, Roraima e Amapá’, novos contatos foram feitos ainda ontem, segunda-feira e Léo Moraes, alertado que caso aprovada a emenda da forma que estava, poderíamos ter problemas de interpretação no futuro, tendo o mesmo ontem mesmo feito a correção e até gravado um áudio para o presidente Airton Procópio que foi divulgado nos nossos grupos de what, solicitando ele Léo Moraes que os colegas policiais peçam aos parlamentares o apoio para a aprovação da nova emenda, para que assim ela seja acolhida e aprovada.

Temos então que trabalhar pela aprovação da nova emenda e caso a mesma seja aprovada, ficarmos atentos para que num eventual reajuste no próximo ano, não sejamos esquecidos pelos técnicos do Governo, sem esquecer que  ainda existe a possibilidade do veto presidencial.

Ao final Airton fez questão de enfatizar que os nossos pleitos nunca foram fáceis e se chegamos sempre as vitórias, as mesmas se devem as boas relações de amizade que foram construídas ao longo dos últimos anos com as mais diversas autoridades de Brasilia e com os sindicalistas dos outros ex-territórios.


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email