PGR entra com Embargo de Declaração no Processo do PSS

Na data de ontem dia 30, o processo do PSS  que havia sido dado vistas no último dia […]


PGR entra com Embargo de Declaração no Processo do PSS

Na data de ontem dia 30, o processo do PSS  que havia sido dado vistas no último dia 19 a PGR – Procuradora Geral da Republica, foi devolvido a secretaria da 14ª  Vara da Justiça Federal em Brasilia, trazendo no seu bojo um recurso denominado ‘Embargo de declaração’, que tem o objetivo que esclarecer duvidas com relação a sentença proferida pelo magistrado, ou seja, algo que ficou obscuro ou não foi entendido pela parte.

O magistrado agora vai analisar tal recurso e poderá decidir se será provido ou improvido ou então abrir vistas para os exequentes, no caso nós, através do nosso advogado Breno de Paula, para que se manifeste.

Airton mais uma vez esclarece que não cabe nenhuma culpa ao Sinpfetro através dos seus diretores e muitos menos ao advogado Breno sempre vigilante, a questão agora se resume entre uma disputa jurídica e entendimento entre o magistrado da 14ª Vara e o PGR, com recursos devidamente previsto em lei e por conta disso, Airton volta a pedir paciência a todos, informando que irá permanecer atento ao desenrolar desse processo e de outros que se encontram em tramitação na Justiça.


1 Comentário

  1. RENATO ABREU disse:

    Valeu Airton! Sou seu fã garoto.

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email